Histórias de Marcas

A melhor das marcas

Jean Paul Gaultier aceita o chamado do mar

Le Mâle sobe a bordo de um estilo parisiense clássico com Le Mâle In The Navy.

Desde sua estreia em 1995, Le Mâle ficou marcado como um perfume icônico da família Jean Paul Gaultier. Suas notas de baunilha e menta, sua apresentação em lata, mas fundamentalmente seu frasco com a forma de um corpo masculino, cruzado por listras horizontais, tornaram-no irresistível. Um produto assim, que segue atual mesmo depois de 20 anos, tem mesmo que estar entre os mais vendidos nas lojas dutty free de todos os continentes. 

Agora, a maison decidiu apostar no lançamento de uma nova reedição que combina história com aroma que remete ao mar. Trata-se de Le Mâle In The Navy, uma edição limitada que celebra a iconografia dos marinheiros franceses e o estilo pin up, que quem vive no mar adora tatuar e exibir nos braços.

Como não poderia ser diferente, In the navy é uma fragrância fortemente marinha. Tem toques de baunilha e âmbar gris. Seu frasco transmite a força do mar e a potência dos homens que trabalham nele. Uma reinvenção de um clássico.

A relação de JPG (e da indústria da moda) com o estilo marinheiro vem de muito tempo atrás. Em 1958, o Manual Oficial das Forças Armadas do império francês estabelecia as medidas do uniforme dos marinheiros, com o jersey branco com 21 listras. Essa quantidade remetia às 21 vitórias de Napoleão, mas também era uma forma de destacar os marinheiros na água, caso caíssem das embarcações. 

Sem dúvida, foi Coco Channel a primeira que se apoderou e se inspirou nesse uniforme no mundo da moda, fiel ao seu estilo de transgredir as normas. Ela foi, com a Nouvelle Vague dos anos 50 e 60, quem acabou firmando esse estilo de roupa como um clássico parisiense, tal qual a baguete e a Torre Eiffel. Um caso interessante mesmo, ainda mais considerando que Paris é uma cidade mediterrânea.

A camisa em estilo marinheiro foi um elemento básico do figurino de Jean Paul Gautier durante sua infância. É por isso que, em sua primeira coleção masculina de Prêt-à-porter, decidiu levar esse tipo de roupa para as passarelas do mundo. Nesse mesmo contexto, houve a estreia do filme "Querelle”, de 1983, no qual o ator Rainer Fassibinder personifica essa imagem de homem, que logo se transformaria na base de seu icônico perfume. Isso funcionou de um jeito tão espetacular que deu um novo impulso à roupa de marinheiro nos anos 80.

JPG Wants you

Assim sendo, Le Mâle In The Navy faz, então, uma merecida homenagem ao estilo cheio de listras, que inspirou Channel, Gaultier e a moda parisiense. Retoma aquela brisa marinha presente nos barcos, talvez perdida entre tantas adaptações e inspirações.

Uma volta às raízes de uma forma nova, leve e fresca, como uma brisa na praia. Um perfume para que você viaje de volta ao mar sempre que use.

Jean Paul Gaultier Le Mâle In The Navy

Un toque de menta que revitaliza a frescura da salada de uma acorde oceânica e contrasta com as notas de vainilla e ámbar gris.

Onde reservar
CHOOSE AN AIRPORT STORE
Este bloco está quebrado ou ausente. Pode estar faltando conteúdo ou pode ser necessário habilitar o módulo original.
Este bloco está quebrado ou ausente. Pode estar faltando conteúdo ou pode ser necessário habilitar o módulo original.